Chamada do Festival de Cinema LASA2023. Prazo: 30 de novembro de 2022.
LASA2019 Nuestra América: Justice and Inclusion

Premio Iberoamericano Book Award

Sobre a premiação

O é apresentado a cada Congresso Internacional da LASA para o livro de destaque sobre a América Latina em ciências humanas e sociais, publicado em espanhol ou português em qualquer país.

Em 1991, o Conselho Executivo da LASA aprovou a criação do Premio Iberoamericano, uma premiação para livros publicados em espanhol e português. Os procedimentos para nomeação do recebedor foram similares aos do Prêmio Literário Bryce Wood em língua inglesa. Os livros são avaliados nos quesitos qualidade da pesquisa, análise, escrita e importância da contribuição aos estudos latino-americanos.

Chamada para indicações

O Premio Iberoamericano Book Award apresentado a cada Congresso Internacional da LASA para o livro de destaque sobre a América Latina em ciências humanas e sociais, publicado em espanhol ou português em qualquer país. Os livros qualificados para a premiação de 2019 devem ter sido publicados entre 1º de julho de 2017 e 30 de junho de 2018. Nenhum livro pode concorrer mais de uma vez. Normalmente, antologias de seleções de vários autores ou reimpressões ou reedições de trabalhos publicados anteriormente não estão na disputa pelo prêmio. Os livros serão avaliados nos quesitos qualidade da pesquisa, análise, escrita e importância da contribuição aos estudos Latino-Americanos. Os livros podem ser indicados por autores, membros do LASA ou editores. As pessoas que indicarem livros serão responsáveis pela confirmação da data de publicação e pelo encaminhamento direto de uma cópia a cada membro do comitê do prêmio, à custa da pessoa enviando os livros.

Todos os livros devem chegar a cada membro do comitê até 21 de setembro 2018. O recebimento do prêmio não está sujeito à afiliação na LASA. Pode ser levado forma nomeações por electrónico. Para isto deveria encher a forma de nomeação e enviar isto até 21 setembro 2018 para o endereço: lasa.awards@pitt.edu. Para o transporte internacional, por favor rotular todos os livros como presentes e não como amostras.

Os membros do comitê de 2019 são:

Peter Elmore (Chair)
266 South Monroe Court, Louisville, CO 80027, USA

Christina Oehmichen-Bazan
Instituto de Investigaciones Antropológicas de la UNAM, Circuito Exterior s/n.
Ciudad Universitaria Deleg., Coyoacan, CP 04510 Ciudad de México, Mexico

Edmundo Paz-Soldán
2 Cornell Walk, Ithaca, NY 14850, USA

Lila Caimari
Echeverría 2819, 2do "E", 1428 CABA, Argentina

Leopoldo Bernucci
1726 Arena Drive, Davis, CA 95618, USA

Latin American Studies Association
Attn: Bryce Wood Book Award Nominations
University of Pittsburgh
315 South Bellefield Avenue
416 Bellefield Hall
Pittsburgh, PA 15260, USA

História do prêmio

2019


LIVRO GANHÁVEL: María Dolores París Pombo, Violencia y migraciones centroamericanas en México (Editorial El Colegio de la Frontera Norte, 2017)

MENÇÃO HONORÁRIA: Jens E. Andermann, Tierras en trance. Arte y naturaleza después del paisaje (Editorial Ediciones Metales Pesados, 2018)

2018


LIVRO GANHÁVEL: Ponciano del Pino, En nombre del gobierno: El Perú y Uchuraccay: un siglo de política campesina (Editorial La Siniestra Ensayos, 2017)

MENÇÃO HONORÁRIA: Seth M. Holmes, Fruta fresca, cuerpos marchitos: Trabajadores agrícolas migrantes en Estados Unidos (Editorial Abya-Yala,2016)

MENÇÃO HONORÁRIA: María Carman, Las fronteras de lo humano: Cuando la vida humana pierde valor y la vida animal se dignifica (Editorial Siglo XXI, 2017)

2017


LIVRO GANHÁVEL: Julio Prieto, La escritura errante: ilegibilidad y políticas del estilo en Latinoamérica (Editorial Iberoamericana)

MENÇÃO HONORÁRIA: Sergio Franco, Pliegues del yo: Cuatro estudios sobre escritura autobiográfica en Hispanoamérica (Editorial Cuarto Propio)

2016


LIVRO GANHÁVEL: Isabella Cosse, Mafalda: Historia Social y Politica (Fondo de Cultura Economica)

MENÇÃO HONORÁRIA 1: Nadia Celis Salgado, La Rebelión de las Niñas: El Caribe y la Conciencia Corporal (Iberoamericana Vervuert)

MENÇÃO HONORÁRIA 2: Ugo Pipitone, La esperanza y el delirio: Una historia de la izquierda en América Latina (CIDE)

2015


LIVRO GANHÁVEL: Mabel Moraña, Arguedas/ Vargas Llosa. Dilemas y Ensamblajes (Iberoamericana / Vervuert)

MENÇÃO HONORÁRIA: Elina Tranchini, Granja y arado. Spenglerianos y fascistas en la pampa, 1910-1940 (Editorial Dunken)

2014


LIVRO GANHÁVEL: Víctor Goldgel, Cuando lo Nuevo Conquistó América: Prensa, Moda y Literatura en el siglo XIX (Siglo XXI editores)

MENÇÃO HONORÁRIA: Sebastián Pereyra, Política y Transparencia: La Corrupción como Problema Público (Siglo XXI editores)

2013


LIVRO GANHÁVEL: Edelberto Torres-Rivas Revoluciones sin cambios revolucionarios (F&G Editores, 2011)

2012


LIVRO GANHÁVEL: Alejandro Grimson Los Límites de la Cultura

2010


LIVRO GANHÁVEL: Guillermo Wilde Religión y Poder en las Misiones de Guaraníes

2009


LIVRO GANHÁVEL: Vicente Palermo Sal en las heridas

2007


LIVRO GANHÁVEL: Anke Birkenmaier Alejo Carpentier y la cultura del surrealismo en América Latina

2006


LIVRO GANHÁVEL: Marcello Carmagnani El otro occidente: una historia critica de la occidentalización de la América Latina

MENÇÃO HONORÁRIA: Kimberly Theidon Entre prójimos: el conflicto armado interno y la política de reconciliación en el Perú

MENÇÃO HONORÁRIA: Myriam Jimeno Crimen pasional: Hacia una antropología de las emociones

MENÇÃO HONORÁRIA: Patricia de Santana Pinho Reinvencoes da Africa na Bahia

2004


LIVRO GANHÁVEL: Juan Carlos Quintero Herencia, Fulguración del espacio. Letras e imaginario institucional de la revolución Cubana (1960 – 1971)

MENÇÃO HONORÁRIA: Claudia Gilman, Entre la pluma y el fusil. Debates y dilemmas del escritor revolucionario en America Latina

2003


LIVRO GANHÁVEL: Edgar Alfredo Balsells Tojo Olvido o memoria. El dilema de la sociedad guatemalteca

MENÇÃO HONORÁRIA: Beatriz Rizk Postmodernismo y teatro en América Latina

MENÇÃO HONORÁRIA: Margarita Flores y Fernando Rello Capital Social Rural

MENÇÃO HONORÁRIA: Ricardo L. Costa y Danuta T. Mozejko El discurso como práctica. Lugares desde donde se escribe la historia

2001


LIVRO GANHÁVEL: Guillermo C. Alonso, Política y seguridad social en la Argentina de los >90

2000


LIVRO GANHÁVEL: Angel G. Quintero Rivera, Salsa, sabor y control: Sociología de la música tropical

1998


LIVRO GANHÁVEL: Tomás Moulian, Chile actual: anatomía de un mito

LIVRO GANHÁVEL: Marcos Cueto, El regreso de las epidemias: salud y sociedad en el Perú del siglo XX

1997


LIVRO GANHÁVEL: Martin Hopenhayn: Ni Apocalípticos ni Integrados: Aventuras de la Modernidad en América Latina

1995


LIVRO GANHÁVEL: Enrique Tandeter, Coacción y Mercado: La minería de La Plata en el Potosí colonial

1992


LIVRO GANHÁVEL: Antônio Cândido, Capítulos de história colonial (Brasiliense)

MENÇÃO HONORÁRIA: Néstor García Canclini, Culturas híbridas. Estrategias para entrar y salir de la modernidad (Grijalbo)